Dores musculares pós-treinos

Dores musculares pós-treinos
Dores musculares pós-treinos

É só começar os treinos na academia e os exercícios pesados que já surgem dores intensas em diversos músculos corporais, geralmente esta dor tende a desaparecer depois de 24 a 48 horas após o treino, mas infelizmente em algumas  pessoas essas dores podem persistir por uma semana inteira gerando grande desconforto.

As dores sentidas após a realização de treinos intensos geralmente são ocasionadas pelo acúmulo de ácido lático nos músculos exercitados, os ácidos láticos são produtos resultantes do metabolismo muscular. Algumas pesquisas atuais afirmam que esta dor também pode ser causada por fissuras no tecido muscular.

A realização de treinos intensos concerne ao músculo uma fase de reconstrução na qual cria-se realmente fissuras nos tecidos musculares. Seus músculos passam por uma fase de fortalecimento, há criação de novos tecidos e hipertrofia muscular.

As dores após o treino tendem a ser diferentes das dores sentidas durante do treino, as dores durante o treino tem como causa o acumulo de ácido lático, já as dores sentidas após o treino tem como causa as fissuras musculares.

É importante salientar que as dores do pós-treino não causam grande limitação dos movimentos, você é capaz de suportar a dor e continuar realizando atividades físicas o que não ocorre quando há presença de uma lesão muscular. As lesões musculares vêm acompanhadas de dores que ocasionam uma limitação dos movimentos e sempre aparecem nos momentos após o treino.

Se você nunca treinou antes e iniciou a pouco tempo, é comum sentir dor no dia seguinte ao treino. Depois de um tempo seu corpo acaba se adaptando ao ritmo e com a prática de exercícios com aumento gradual de carga você poderá gerar fissuras musculares, elas servem para que haja um aumento de massa muscular.

As dores aparecem sempre que se inicia uma nova rotina de treinamentos.

Se a dor é muito intensa em um músculo é preciso esperar que a dor passe e o músculo se recupere para realizar o treinamento no mesmo novamente.

Existem algumas medidas para redução da dor. Confira a seguir:

  1. Antes de realizar qualquer série de exercícios realize um aquecimento antes. O aquecimento é muito importante, pois diminui a tensão dos músculos impedindo que ele sofra traumas e ocasione dores intensas.
  2. Após a realização de cada exercício relaxe por um período de tempo, alongue os músculos de forma a proporcionar melhora da circulação sanguínea e aumentar a amplitude dos movimentos executados.
  3. Use um rolo grande contendo espuma dentro durante 10 minutos seguidos após o treinamento, estique-se sobre o rolo para um melhor alongamento dos músculos. Além de melhorar a circulação sanguínea corporal este procedimento auxilia a soltar os “nós” e aderências presentes nos tecidos musculares.
  4. Para acabar de uma vez com a dor, nada melhor do que uma massagem terapêutica! Realize sessões de massagens por 30 minutos ou por tempo superior a este, as massagens auxiliam na melhoria da circulação sanguínea nos tecidos musculares que estão doloridos, ajuda a reduzir as aderências e facilitam a reparação dos tecidos após o treino. A massagem pode ser um pouco dolorosa, pois seus músculos estão sensíveis e doloridos, mas é muito eficaz!
  5. Tenha boas noites de sono, durma de 8 a 10 horas diariamente. A recuperação corporal ocorre, em maior parte, no período da noite, é um horário no qual o corpo descansa e liberam para o organismo hormônios importantes na recuperação dos músculos.

Vale apena ressaltar que o uso de anti-inflamatórios para o alívio das dores acaba dificultando o desenvolvimento dos músculos.

Mantenha uma alimentação equilibrada, consuma carboidratos e proteínas, a ingestão de alimentos com estes componentes aumentam o rendimento e recuperação entre os treinos diários.

Clique Aqui e Conheça as Roupas Inteligentes que Ajudam a Diminuir Dores Musculares!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *